Colabore com reportagens exclusivas, sendo um Sócio-Patrocinador do site O MANGUE. Escolha sua opção de Assinatura On-Line, ou, se preferir, deposite qualquer valor em nome de Bruno de Almeida Silva, Agência 0183, Conta 121454-1, Caixa Econômica Federal. O Jornalismo Local e Independente agradece!

As Aberrações Morais de Nossos Deputados

por Dudu Tarja Preta*

O deputado federal José Augusto Nalin (PMDB -RJ), morador da cidade de Magé, votou duas vezes para que fossem arquivadas as investigações contra o presidente Michel Temer, que também é de seu partido. Na primeira votação, Nalin disse que votou pelo arquivamento do processo por que estava “pensando em Magé”. Ora, mas um deputado federal não deveria pensar no Brasil?? Magé não faz parte do Brasil?? Você, eleitor, acredita mesmo que Nalin estava pensando em nossa cidade ou em seu próprio umbigo…?!

Já o deputado estadual Renato Cozzolino Harb (PR-RJ) votou para que Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB, fossem soltos da prisão. Esses três deputados, seus colegas na Alerj, foram presos por receberem cerca de R$ 18 milhões em propina das empresas de ônibus. Até agora Renatinho não deu sua desculpa, pelo menos publicamente.
Segundo o presidente regional de seu partido, o ex-governador do Rio de Janeiro, que também foi preso, Renatinho está expulso do PR por causa disso, mas ainda não vimos nada de concreto, pelo menos até agora. Talvez, quando Garotinho sair da prisão,…
Essas votações citadas têm algo em comum: a quase certeza de que serão reeleitos. Ainda bem que eu disse quase. Quase por que os eleitores, como um todo, têm memória curta e vendem seus votos, o que é uma tristeza, e faz com que os políticos eleitos tratem a coisa pública como se fosse deles, e não é. As votações foram aberrações morais, mostraram a fratura exposta que se encontra a nossa política como um todo, e para piorar, não trouxeram nada para a nossa cidade. Falam muito, mas nada trouxeram. Quem sabe ainda tragam, não é mesmo, afi nal, a esperança é a última que morre.

E pensar que, talvez já em capanha pra prefeito em 2014, ouvimos o Sr. Tubarão, que na época ainda era mais pro lado Cozzolino do que Nalin (naquela época ele não queria nem ouvir falar em Nalin), dizer que “segundo estatísticas, uma cidade que elege um deputado desenvolve mais”. Que estatísticas são essas, Tubarão, nos mostre. Estamos desenvolvendo em quê???

*Dudu Tarja Preta é blogueiro e radialista

DEIXE UMA RESPOSTA