Colabore com reportagens exclusivas, sendo um Sócio-Patrocinador do site O MANGUE. Escolha sua opção de Assinatura On-Line, ou, se preferir, deposite qualquer valor em nome de Bruno de Almeida Silva, Agência 0183, Conta 121454-1, Caixa Econômica Federal. O Jornalismo Local e Independente agradece!

DOIS HOMENS TACAM FOGO EM ÔNIBUS E CHAMAS DESTROEM CASA DE IDOSO EM MAUÁ

Na manhã deste sábado (18) dois homens encapuzados pararam um ônibus da viação União que fazia a linha Ipiranga X Central, em Mauá, quinto distrito de Magé, mandaram os passageiros descerem, atearam fogo ao coletivo e fugiram em seguida. As chamas se alastraram e destruíram a casa do senhor Francisco Coutinho, que ficava bem em frente ao lugar do atentado, na estrada Real. Ao escutar o barulho, o servente de obras conseguiu sair tirando apenas seus documentos e o botijão de gás.

IMG_0451
Seu Francisco estava dormindo e só teve tempo de pegar os documentos

O fogo também atingiu o cabo de internet que fica do outro lado da rua, e o muro e portão de uma residência a uns oito metros de distância. A família foi só susto:

“Bombeiros falaram que iriam acionar Itaboraí”

— Ligamos para o DPO de Mauá e ninguém atendeu. No Corpo de Bombeiros eles falavam que iriam acionar Itaboraí. Ficamos vendo o fogo do terraço, mas quando o óleo do ônibus desceu foi aquela explosão. Chegamos a colocar uma escada para pularmos o muro, porque o fogo veio com tudo, foi horrível. Você só ouvia barulho de vidro quebrando, lâmpada…foi um sufoco — relata a moradora Angela Nogueira.

IMG_0449

Tanto o Corpo de Bombeiros quanto a Polícia Militar chegaram ao local por volta das 6h. Mas a essa hora, motoristas das viações Trel e Iluminada, que passavam pelo local e devido ao incêndio foram obrigados a parar, já haviam controlado o fogo com extintores. Antes disso, os próprios moradores tentaram amenizar as labaredas com baldes d’água e também areia.

No setor de comunicação do Corpo de Bombeiros em Magé, o responsável pelo setor nega que alguém tivesse passado a informação de que seria necessário pedir ajuda a Itaboraí. Reconhece, porém, que um erro da operadora telefônica faz com que as ligações para o 193, originadas de Magé, caiam em Itaboraí.

Há rumores de que o motivo da revolta seria o recente aumento do preço das passagens: de R$ 8 para R$ 8,50, e os constantes atrasos nos engarrafamentos na viagem Rio X Magé, o que contribui para que o uso do Rio Card fique limitado.

DEIXE UMA RESPOSTA