Colabore com reportagens exclusivas, sendo um Sócio-Patrocinador do site O MANGUE. Escolha sua opção de Assinatura On-Line, ou, se preferir, deposite qualquer valor em nome de Bruno de Almeida Silva, Agência 0183, Conta 121454-1, Caixa Econômica Federal. O Jornalismo Local e Independente agradece!

MOTORISTA SEM CARTEIRA ATROPELA, E ACIDENTE MOSTRA POSSÍVEL FALHA EM SINALIZAÇÃO

Na noitinha de sábado (18), pouco antes da energia elétrica acabar, uma jovem esperava para atravessar a “praça da Delegacia”, quando um carro passou por cima de seu pé. Ao prestar socorro, os guardas municipais deixaram sua opinião quanto ao trânsito daquele local, que é extremamente movimentado por ser a entrada para a rodoviária de Magé: “aquela faixa de pedestre que existe em frente ao Terê Frutas está errada; ela deveria ser em frente a Delegacia ou aqui em frente ao bar do Moisés. Lá ela pega uma curva muito grande” – opinou um deles, recebendo o consenso de todos que presenciaram o acidente.

Alguém também observou: “aquele sinal que tem em frente ao Banco do Brasil deveria estar mais à frente, na esquina do Terê Pão e da Dr. Siqueira. Aquele largo ali é muito complicado”.

IMG_2612
Bombeiros chegaram sem demora e levaram a moça ao HMM

A moça passa bem e não quis registrar queixa contra o motorista, que parou para prestar socorro, porém estava sem a carteira de habilitação. Ela o isentou de culpa porque esperava para atravessar na rua e não na calçada (prática comum entre os pedestres, que também se utilizam da ciclofaixa para esperar ao invés da calçada). Os guardas disseram que não registrariam ocorrência, mas pediram ao motorista ir em casa buscar o documento. Os bombeiros chegaram sem demora e levaram a jovem ao Hospital, e para surpresa geral o Raio-x estava funcionando e constatou que ela não sofreu fraturas.

DEIXE UMA RESPOSTA